Reading Time: 1 minute
Projeto ‘No More Ransom’ evitou gastos de mais de $108 milhões em resgates de ransomware.

Após três anos, o projeto No More Ransom confirma o sucesso da iniciativa que visa ajudar vítimas de ransomware.

O projeto foi lançado pela Polícia Holandesa junto com as empresas de segurança Kaspersky e McAfee, mas agora tem mais de 150 parceiros.

O website do projeto disponibiliza mais de 89 decodificadores que podem permitir decifrar os ficheiros cifrados, por mais de 109 malwares, de forma totalmente gratuita.

 

A Europol estimou que o projeto No More Ransom ajudou mais de 200.000 vítimas de ransomware que economizaram um total de $108 milhões de dólares, mas muitos especialistas acreditam que a quantima é bem superior.

Segundo a Europol, o programa para decifrar os ficheiros cifrados pelo ransomware GandCrab, disponível através do website do projeto, permitiu economizar $50 milhões de dólares.

A maioria das ferramentas disponíveis no website foi criada por empresas de segurança e especialistas como Emsisoft, Avast, Bitdefender, CERTs e a comunidade online Bleeping Computer – todos eles colaborando entre si.

No More Ransom 1

 

A Emsisoft, por exemplo, lançou 32 ferramentas para decifrar 32 tipos de ransomware.

Os visitantes do website vêm de 188 países em todo o mundo, a maioria deles da Coréia do Sul, EUA, Holanda, Rússia e Brasil.

No More Ransom 2

 

É importante estar consciencializado para esta temática importantíssima da atualiadade, pois o números de vítimas afetadas por ameaças desta natureza não para de crescer em 2019.

Se tiver alguma questão também pode contactar Seguranca-Informatica através do nosso formulário para este tipo de situações em: https://seguranca-informatica.pt/scam-alerts/; e faremos o melhor aconselhamento possível.