Reading Time: 2 minutes

Investigação do DuckDuckGo afirma que pesquisas do Google Incognito não são privadas.

A DuckDuckGo alega que os resultados efetuados no motor de pesquisa do Google não se baseiam apenas nos dados de localização e nas pesquisas anteriores realizadas pelo utilizador. Um estudo recente mostra que os resultados também se baseiam na navegação realizada no modo anónimo.

Por vezes um utilizador pode querer navegar de forma privada, sem que o seu tipo de pesquisa seja registado pelos sensores do Google — pelo menos assim afirma a gigante tecnológica quando se refere ao modo de navegação privada do seu navegador.

Um estudo da DuckDuckGo envolveu participação de pessoas nos EUA. Os participantes pesquisaram um termo quando foram desligados ou usaram o modo de navegação anónimo e, de acordo com a DuckDuckGo, os resultados não foram semelhantes, como esperavam que fossem. Cada utilizador recebeu um resultado diferente.

Além disso, a ordem dos links também variava tanto para as infoboxes de vídeo quanto para as categorias de notícias no Google, motivo pelo qual alguns utilizadores recebiam os links, enquanto outros não.

Esse é um aspecto preocupante porque, geralmente, os resultados incógnitos devem permanecer semelhantes para todos. Isso significa que sair do Google ou usar o modo de navegação anónimo não afeta os resultados da pesquisa.

“This finding demonstrates that Google tailors search results regardless of browsing mode. People should not be lulled into a false sense of security that so-called “incognito” mode makes them anonymous,” writes DuckDuckGo.

No entanto, o Google tem uma perspectiva totalmente diferente sobre esse assunto, já que a empresa alega que os resultados do estudo não são confiáveis por causa de práticas de pesquisa defeituosas.

“This study’s methodology and conclusions are flawed [and] based on the assumption that any difference in the search results are based on personalization. That is simply not true.”

Google said.

O Google também acrescenta que vários fatores podem levar à apresentação de resultados diferentes, como horário e local. Tais fatores não receberam a devida consideração da DuckDuckGo, afirma o Google.

O Google também explicou o motivo pelo qual os resultados da pesquisa foram diferentes para diferentes utilizadores em uma série de tweets que estão disponíveis aqui.