Reading Time: 2 minutes

Uma vulnerabilidade de dia zero no macOS Mojave pode ser explorada de forma a roubar passwords em plain-text do Keychain.

O investigador Linus Henze revelou a existência de uma vulnerabilidade de dia zero no macOS Mojave que pode ser explorada por malwares in-the-wild de forma a  roubar passwords em plain-text  do Keychain.

De acordo com Henze, a falha afeta o MacOS Mojave e as suas versões anteriores.

O investigador não comunicou a vulnerabilidade diretamente à Apple. A vulnerabilidade foi divulgada publicamente, mas o autor da descoberta não divulgou os detalhes de exploração.

O próprio investigador publicou um  vídeo PoC que mostra como usar malware para extrair passwords do sistema de gestão de palavras-passe do Keychain.

O ataque funciona num sistema que executa a versão mais recente do MacOS Mojave OS (10.14.3).

 

De acordo com o investigador, não é necessário acesso priviligiado para explorar a falha.

The attack is sneaky because it doesn’t require admin privileges for both the malicious app and the user account. The expert pointed out that the malicious code could exploit the flaw to steal passwords only from that user’s Keychain because other Keychains are locked. 

 

O investigador explicou que não compartilhou a sua descoberta com a gigante de tecnológica porque a empresa não possui um programa de recompensas  para caça de bugs em macOS.

A Apple contatou o investigador após a publicação do vídeo pedindo mais detalhes sobre o assunto, mas Henze recusou-se a partilhar detalhes sem uma recompensa por parte da Apple.

Atualmente, o programa de recompensas de bugs da Apple cobre apenas hardware, iOS e iCloud.

O resultado devastador do exploit também já foi confirmado pelo popular ex-white hat hacker Patrick Wardle.