Reading Time: 2 minutes

Data breach: Airbus sofre violação de dados — Informações de alguns funcionários estão agora disponíveis online.

A Airbus; fabricante européia de aeronaves; admitiu ontem uma violação de dados nos seus sistemas de informação “Commercial Aircraft business”, e que permitiu aos criminosos obter acesso a informações pessoais dos seus colaboradores.

Embora a empresa ainda não tenha comunicado a natureza do incidente, alegou que a violação de segurança não afetou as suas operações comerciais. Portanto, não há impacto na produção de aeronaves.

A Airbus confirmou que os criminiosos acederam a alguma informação confidencial no início deste mês de janeiro, incluindo alguns contactos profissionaism e alguns detalhes de alguns colaboradores da Airbus Europa.

Airbus confirmed that the attackers unauthorized accessed some data earlier this month, which the plane manufacturer claimed was “mostly professional contact and IT identification details of some Airbus employees in Europe.”

 

Num publicado nesta quarta-feira, a Airbus disse que está a decorrer uma análise forense para apurar todos os factos do incidente e que dados sensíveis foram potencialmente acedidos.

“Investigations are ongoing to understand if any specific data was targeted; however we do know some personal data was accessed,”

airbus

 

A empresa começou a tomar “medidas imediatas e apropriadas para reforçar as medidas de segurança existentes”,  e que não foram suficientes no passado para manter os hackers longe dos seus sistemas “e  também para mitigar seu impacto potencial” para evitar que incidentes semelhantes aconteçam no futuro.

A empresa também têm comunicado com os seus funcionários algumas boas práticas para fortalecer as suas defesas de segurança.

A Airbus também informou que está em contacto permanente com as autoridades de regulação e com as autoridades de proteção de dados, de acordo com as novas regras do GDPR (Regulamento Geral de Proteção de Dados).

 

Já não é a primeira vez que uma gigante de aviação é atingida. Em março de 2018 a Boing foi atingida pela ameaça Wannacry.

Boing atingida pelo WannaCry